EU SOU AS ESCOLHAS QUE FAÇO – RESENHA DO LIVRO

Tive uma epifania quando li o ultimo paragrafo de Eu sou as escolhas que faço da autora Elle Luna, uma designer que atualmente vive em San Francisco.

Epifania quer dizer: “manifestação” de algo divino/transcendental e uma súbita sensação de entendimento ou compreensão da essência de algo.

O livro foi tão revelador para mim, tão importante que me trouxe paz. No meu caos privado, fora do recorte da internet, tudo fez completo sentido.

CAOS ARRUMADO - LIVRO - FLATLAY - Eu Sou As Escolhas que Faço

EU SOU AS ESCOLHAS QUE FAÇO

Já na capa temos: Como resolver o dilema entre o que o mundo espera de você e o que você quer do mundo. Esse é um manifesto ilustrado, inteligente e empolgante como diria Maria Popova.

Há dois caminhos na vida: o caminho da segurança e o da paixão. Sempre encontramos essa encruzilhada. E, todos os dias, fazemos uma escolha.

Que escolha você tem feito? Cada um de nós tem um potencial único que nos foi dado ao nascer, mas se vamos cultivá-lo ou não depende apenas de nós mesmos.

Em seu sentido mais puro, a paixão é a razão por estarmos aqui – e escolher segui-la é a jornada mais importante da nossa vida. Vocação X Carreira.

Mas qual é minha vocação nesse mundo? E se eu não tiver paixão? Mas se não ganhar dinheiro? O que te inspira?

“O entusiasmo contagiante de Elle vai inspirar você a fazer a coisa mais ousada que puder na vida: ser quem você é de verdade.” – Evan Williams, cofundador do Twitter e fundador do Medium.

Elle Luna de forma criativa diz que: segurança é a estrada que o mundo espera que seguimos, são as expectativas que jogam em cima e nos.

Você também vai gostar de ler :

RECADOS DO BEM O LIVRO QUE VOCÊ MAIS RESPEITA

12 LIVROS PARA OS 12 MESES DE 2017

E uma estrada cômoda que escolhemos viver por algo (dinheiro, conforto, reconhecimento, etc.) ou por alguém (família, sociedade, companheiro, etc.)

Mas o que é essa a paixão e porque ela é tão importante?

A paixão é aquilo que realmente nos move, é aquilo que precisamos fazer para nos sentir completos e realizados.

São nossas convicções, nossos anseios mais profundos – inevitáveis, inegáveis e inexplicáveis.

Sabendo disso o livro Eu Sou as Escolhas que Faço, desenvolve uma linha de pensamento critico e criativo sobre como nossas escolhas diárias (até aquelas mais simples) tem um impacto gigante no nosso dia a dia.

CAOS ARRUMADO - LIVRO - FLATLAY - Eu Sou As Escolhas que Faço CAOS ARRUMADO - LIVRO - FLATLAY - Eu Sou As Escolhas que Faço

Ela joga na nossa cara a responsabilidade de confrontar as certezas que por tantos anos nossa sociedade jogou em nossos ombros. Deixando claro que somos os únicos responsáveis HOJE por nosso atual discurso e atual caminho.

Esse livro não ignora a importância da segurança, ele não é inconsequente ao ponto de dizer “pule de um penhasco e siga seus sonhos”.

Ele é a realidade que inspira a todos instantes. Fiquei tão empolgada e tão alegre quando terminei.

Ela trata de assuntos como tempo, dinheiro, medo. Elle Luna criou em Eu Sou as Escolhas que Faço um manual da coragem.

A autora explica que nossa vida inteira foi em torno de expectativas (por isso hoje somos tão ansiosos), de regras e conveniências.

Mas com qual a frequência que colocamos a culpa nos outros quando o verdadeiro problema esta dentro de nos.

De não reconhecer e que para isso devemos questionar, e ela exemplifica com vários exercícios.

Aceitar a paixão como um importante parte para felicidade e realização, seja como forma principal ou conciliando paixão e segurança.

É doloroso, ficamos vulneráveis, nos sentimos expostos, cansados. Mas isso acontece porque todo processo de transformação é assim. Que só provando você ira encontrar as respostas.

O livro, repito, é cheio de exercícios e frases que nos fazem repensar. Como quando cita o dinheiro.

Com frequência, confundimos dois tipos de dinheiro: Dinheiro indispensável x Dinheiro Desejável. Um é aquele que precisamos para sobreviver o outro é o extra, o supérfluo. Mas só porque uma coisa tem valor não significa que seja necessária.

Quando escolhemos seguir pela paixão que no final das contas é nossa real vocação, precisamos confrontar medos onde nada é conhecido e tudo é possível.

Quando você escolhe a paixão, você escolhe viver por você para você mas sempre melhorando o mundo!

Eu Sou As Escolhas que Faço foi publicado pela editora Sextante e tem 157 paginas de puro amor.

Minha mãe sempre disse “Xofanna pare de inventar moda!” – Pois é, que bom que nunca escutei.

Comentários

comments

VAI GOSTAR

Leave a Comment

CommentLuv badge