OBSOLESCÊNCIA PROGRAMADA NA MODA: PRECISAMOS DEBATER!

A obsolescência programada é a maior culpada por esse consumo desenfreado de hoje em dia. Ela é responsável por esse ciclo vicioso, independente do motivo. Seja ele por necessidade (desgaste da peça) ou simplesmente por desejo (modismo),  é importante a gente entender e discutir isso, afinal: ela é culpada pela vida útil do produto.

Mas o que quer dizer isso: imagine que todo bem que você adquire já venha com uma data de validade pré estipulada. Aqui vamos falar de roupas mas isso se adequa a todos os produtos da sua casa; sua TV, sua geladeira, seu celular, seu armário. Engloba tudo! Isso acontece desde de 1920 quando os produtores de lâmpadas perceberam que elas não “quebravam” e com isso ninguém mais comprava nenhuma outra. Certo que isso é necessário para manter o mercado em movimento. Porém o que preocupa é a velocidade disso, para coisas que deveriam durar pelo menos um pouco mais, não só por um consumo mais consciente mas também por conta do valor $$ que isso representa.

OBSOLESCÊNCIA PROGRAMADA CAOS ARRUMADO

Fonte/Creditos : saiunojornal.com.br

Roupas são feitas e vendidas para descarte rápido. Atualmente boa parte do universo fashion aplica esse pensamento. Seja por conta das tendências que são “vendidas” em sites, blogs e revistas que a cada estação mudam e incentivam o consumo de modismos. Seja as grades linhas de fast-fashion – o nome já explica tudo: moda rápida – o conceito dessas marcas é a rotação de coleções de 15 em 15 dias, ou seja duas vezes por mês a loja oferta roupas novas e com isso entramos no assunto qualidade, que também esta correlacionado a obsolescência programada, o fabricante não pode investir em materiais de qualidade (o que faz com que as roupas se desgastem muito mais rápido) em mão de obra com custo baixo, por que o produto precisa sair barato para que você compre na próxima quinzena a quantidade que comprou agora. Essa programação influência seu hábito de consumo sendo que essa questão quem devia ditar é  apenas você.

Claro que existem outros fatores que intervêm na sua compra, o lado emocional é um deles, o prazer de comprar, sendo exporadicamente, não há problema. Também gosto de comprar, mas hoje sou mais atenta ao que levo para casa, até por que valorizo muito meu dinheiro e justamente por isso acredito que a obsolescência programada al ém de ser um problema social (o desperdício e produção de lixo) também é um problema para bolso.

OBSOLESCÊNCIA PROGRAMADA CAOS ARRUMADO

Um dos meus maiores prazeres da vida é lavar roupa e aprendi com minha mama.

Por conta disso aqui vão algumas diconas: avalie o potencial daquela peça e quanto pode ser versátil e atemporal, mesmo sendo modismo (que é nossa mensagem aqui no blog!). Análise o material e a modelagem: prefira tecidos naturais al ém de deixar a pele respirar melhor tem uma durabilidade maior, e outro ponto crucial é o pós-compra, o cuidado na hora de lavar, observe a etiqueta preste atenção nas restrições isso sem dúvida também vai ajudar a conservação das suas roupitchas.

Fazia muito tempo que não escrevia os textões fashionistas do blog, gosto muito e queria saber. Vocês gostam de textos mais elaborados e críticos? Deixem aqui nos comentários e não se esqueçam de visitar os outros posts relacionados a esse assunto (todas as palavrinhas em rosa).

AH, APROVEITA E PARTICIPA DA PESQUISA DO AMO CLICANDO AQUI 

E pra ficar estar por dentro de TUDO siga as redes sociais do CAOS:
fanpage instagram @fialhogi – google + – bloglovin  

Minha mãe sempre disse “Xofanna pare de inventar moda!” – Pois é, que bom que nunca escutei.

Comentários

comments

VAI GOSTAR

Leave a Comment

CommentLuv badge

Pular para a barra de ferramentas