ZERO WASTE – DO LIXO AO LUXO

ZERO WASTE - CAOS ARRUMADO

Indo além do conceito do Upcycling a marca a Zero Waste Daniel, do estilista Daniel Silverstein, transforma retalhos de descarte em peças únicas e novas, com modelagem e estilo moderno.

Ou seja, do lixo ao luxo!

ZERO WASTE - CAOS ARRUMADO

A marca surgiu em 2015 quando não encontrou mais motivação para continuar no mercado de vestidos de luxo.

Nesse momento enquanto fechava seu ateliê o americano encontrou os retalhos que guardou durante anos e os transformou em uma malharia unica, com estilo e bela modelagem.

Não demorou para viralizar no instagram, e chamar atenção para seu novo projeto.

O nome ZERO vem de zero desperdício.

Tudo é reciclado. Para Daniel, a Zero Waste não é só uma empresa, mas uma forma de produção limpa e sustentável.

A poluição têxtil é um problema crescente na indústria da moda.

O conselho de reciclagem de têxteis diz que mais de 70 quilos de têxteis por cidadão dos EUA estão entrando em aterros anualmente!

ZERO WASTE - CAOS ARRUMADO

ZERO WASTE - CAOS ARRUMADO

 

As novas técnicas de fabricação de padrões, apliques, mosaicos, usam cem por cento dos produtos têxteis que são trazidos para o estúdio.

Das embalagens de entrega, dos materiais e produtos de transporte. Tudo no ambiente é zero desperdício.

Daniel dominou o processo de produção em grande e pequena escala sem subprodutos têxteis. Ou seja, sem produzir outros resíduos.

Atualmente ele também produz para as empresas: ESTUDO NY, NOORISMO e EILEEN FISHER.

A missão da Zero Waste é combater as normas da indústria da moda, fornecendo aos clientes alternativas menos destrutivas que a moda convencional.

 

DIGITAL COUTURE E O FUTURO DE COMO NOS VESTIMOS

MODA INCLUSIVA A AUTONOMIA DO VESTIR

 

Daniel cita Li Edelkoort em entrevistas: “A moda está morta, mas seu espírito perdido de inovação e relevância cultural geral estão prestes a voltar na forma de alta costura”.

Isso é o que a Zero Waste faz. A primeira empresa a fazer 100% de roupas de desperdício zero.

Graças à técnica ReRoll de Daniel Silverstein.  Ele cria peças de moda únicas e acessíveis, aplicando a arte de costura.

Ao reimaginar a costura, ele também reinventa o tecido.

Todas as peças são unissex.  Ele também deixa sua fábrica e escritório aberto para quem quiser visitar e testemunhar uma forma de trabalho livre e divertida.

Daniel foi revolucionário e pioneiro. Eu realmente espero que esse tipo de propósito se espalhe, para uma moda mais acessível, mas também democrática. Onde nem o ambiente nem as pessoas saiam prejudicadas.

Minha mãe sempre disse “Xofanna pare de inventar moda!” – Pois é, que bom que nunca escutei.

Comentários

comments

VAI GOSTAR

Leave a Comment

CommentLuv badge

Pular para a barra de ferramentas