/ Italia

A gente sabe que o ano esta acabando quando começa a temporada de textão e retrospectivas do Best Nine no facebook e instagram. E imagina só que legal juntar os dois? As nove fotos mais curtidas do meu feed, representam bem como foi meu ano com algumas coisas acabei não compartilhando por aqui (aquela pausa dramática que não sabia o que queria lembram?).

O best nine é um aplicativo que seleciona as 9 melhores fotos do seu ano!

 

  1. Tenho um carinho eterno por ela, foi a última foto antes de viajar para a Itália em Setembro de 2015 e também foi minha despedida das casas de aluguel. Sempre foi o sonho da minha Mames ter o cantinho próprio, e esse ano ela realizou! Sei que “lar” não é algo material mas um estado de espirito, porem é bom me saber que esse sera meu lar para sempre, por que esta ficando do jeitinho que sonhamos.
  2. Foi no aniversário de 2 anos da Valen, dois dias depois que cheguei da Itália. Foi meu retorno para o Brasil. A Giovanna desta foto é completamente diversa da Giovanna que foi. A primavera me trouxe confiança, amor próprio e paciência, apesar de tudo isso, a auto estima é um trabalho constante e preciso estar sempre de vigia para não me subestimar e comparar.
  3. Essa fotinho foi em Assis! Um dos meus lugares favoritos na Itália. Não me considero católica, e nem acredito muito em santos, mas eu sempre adorei São Francisco, talvez por ter estudado em escola Franciscana a vida toda ou por toda história dele! Minha mãe é devota e todo ano vamos agradecer, mas esse foi o primeiro que exploramos todo povoado e castelo. Emocionante é a palavra que descreve.
  4. Sul da Itália. Nunca vi mar tão lindo como esses. A Costa Amalfitana é um espetáculo de beleza natural, cercada por esses penhascos monumentais e banhada por esse mar límpido, carrega uma herança gigantesca diversa da Itália que conhecia. Colonizada por Gregos, Espanhóis e Britânicos é rica e multicultural. Além de me sentir bem ryca lá, desfrutei de dias de rainha.
  5. Cesenatico. O lugar que pretendo um dia morar (e também predileto do Erik), projetado por Leonardo Da Vinci (sim!) é cosmopolita sem perder a essencia da costa norte Italiana. Ela representa também a chegada do Molico, essa foto foi tirada dois dias depois.
  6. Pompeia! Sou uma amante de ruinas, por isso o pais que me abriga sempre que saiu do Brasil é quase que um sonho. Era um sonho meu desde a época do colégio quando aprendia sobre a história da humanidade. Se me surpreendi? MUITO! E um daqueles lugares que todo mundo devia conhecer.
  7. Roma, Basílica Sant’Andrea della Valle. Pra muita gente a Basílica de São Pedro no Vaticano é a mais bonita, para mim não, de longe a Santo André ganha. Rica em detalhes, por fora muito simples e humilde, dentro revestida de ouro, afrescos, vitral e pinturas mais antigas que nossos antepassados. Um lugar que me trouxe paz.
  8. Positano. No sul da Itália ainda (viu como é lindo?) mostra um pouco da geografia e das cores que encantam os olhos dos turistas como eu. Vivida, transborda energia e boas vibrações. Falta muito para o próximo verão?
  9. Batom Alice. Cacei esse batom tudo por conta da embalagem, não tem nem o que falar a linha toda era lindíssima, (mas muito cara também!) a cor é bem mais ou menos, porém o esse exterior todo em veludinho com brilho. Pra guardar pra sempre!

 

Queria que tivesse aparecido qualquer coisa do Cercal o curso que me formei e sobre a Infiorata, mas tudo bem, achei legal relembrar meus best nine moments . 2016 foi um ano complicado, com muitos desastres, cheios de altos e baixos bem louco. Porém pra mim foi um ano de grandes experiencias e aprendizagem. Obrigada 2016 você vai tarde, mas deixou boas coisas <3 E se você já ainda não criou seu Best Nine, clica no site e deixa o link aqui nos comentários.

Gi, tem 22 outonos, fez as malas e foi morar sozinha em outro pais. Paulista, adora descobrir novos lugares em São Paulo e criar listas com o namorado (que mora no Brasil) vegetariana, apaixonada por tudo que é lúdico, exótico, doce e colorido.

Você já deve ter lido que um relacionamento a distância é pior que um convencional, mas venho aqui desmentir essa argumentação tão equivocada. Pode ser mais complicada e um cadinho mais difícil mas não é pior ou melhor, ate por que: ruim mesmo é ficar sem a pessoa.

Meu namoro com o Erik já começou de forma “internacional”, ele me pediu em namoro via whatsapp (sim), as 3 horas da madrugada aqui, quando o celular apitou, visualizei e voltei a dormir, só fui responder as dez da manha do dia seguinte (com o fuso de Janeiro era sete da manha ai no Brasil). Hoje temos mais tempo de namoro separados que juntos: total de 8 meses namorando pertinho e 9 separados!

Nunca menti, omiti ou enganei ele, o bonito sempre soube dos meus planos e,(essa é a melhor parte dele) sempre me apoiou e incentivou a correr atras dos meus sonhos, mesmo que isso significasse pegar um avião e ir morar em outro continente.
Como eu disse um relacionamento a distância não é pior é mais complicado sim, mas existem coisas boas que podemos aprender. Listei abaixo cinco coisas que aprendi em um relacionamento a distância.

#5 – Detalhes são cruciais!

 RELACIONAMENTO A DISTANCIA CAOS ARRUMADO

Nossa foto mais linda, no Arraial Nos Trilhos em SP ano passado

A única forma de participar do dia da pessoa é por meio da conversa, dos vídeos e das ligações e você vai querer saber cada detalhe, do menor ao maior, por que isso de alguma forma faz com que você se sinta mais próximo e envolvido naquele contexto. Imagina que vocês não vão se ver no final da noite ou da semana, então esses detalhes vão facilitar.

#4 Vocês vão querer participar da vida um do outro muito mais.

 RELACIONAMENTO A DISTANCIA CAOS ARRUMADO

Confiança nunca foi um desafio para nos, somos muito unidos, caminhamos de mãos dadas e sabemos que isso é BASE e não obrigação!

Vai chegar uma hora que só os detalhes não vão adiantar, e você vai querer participar e a pessoa vai querer participar ainda mais da sua rotina, o que é muito bom, por que mostra interesse mútuo de estar presente mesmo com um oceano no meio. E é nessa hora meu caro que juntos vocês vão descobrir uma nova formula. A minha e a do Erik são as fotos os áudios e um diário. Normalmente compartilho com ele foto dos parques que vou, da comida que comi, áudios da minha família daqui, qualquer coisa que possa fazer com que ele se sinta pertinho.

#3 Vão se conhecer melhor.

RELACIONAMENTO A DISTANCIA CAOS ARRUMADO

Um dos meus lugares favoritos o Roller Jam em SP – pena que o Erik é um cagão que não se arrisca a andar

Vão ter dias, que assunto não vai faltar e outros que você vai buscar e é nessa hora que a gente acaba conhecendo melhor a pessoa. Eu costumo sempre fazer perguntas, das mais íntimas e absurdas até as mais comuns como “qual sua cor favorita?”. Normal não ter assunto, não é que todo dia você vai ter alguma novidade bombástica, porem como vocês só tem isso para se sentirem acolhidos e amados, assunto é primordial. E claro, como normalmente o fuso não ajuda muito, quando estiverem conversando normalmente vai ser total atenção (tirando quando estamos no trabalho). A pessoa vai 100% “sua”, aquele sera um momento de prioridade sem distrações.

#2 As “DRs” não vão sumir, mas serão melhores resolvidas.

4 RELACIONAMENTO A DISTANCIA CAOS ARRUMADO

Aquela foto fofinha com o Molico, e Molico não é por conta do leite e que sou branquela. Não! Molico vem de molto que é muito em Italiano. A gente sempre dizia “Ti amo molto” mas soava como “Te amo morto” dai mudamos para Molico.

Sempre achei que essa coisa de alterar a voz ou ofensas é falta de argumento. Não tem desculpa, não tem por que! As famosas DRs vão continuar a existir, o que é normal por que são dois indivíduos que provem de duas famílias e costumes distintos. Na verdade faz muito bem discutir pontos de vista e ser honesto quando algo te incomoda. Hoje eu e o Erik sabemos resolver nossas divergências de forma muito mais leve e menos pesada. Pra gente hoje é claro que não vamos e não precisam concordar com tudo um do outro. Conversamos, refletimos e nos desculpamos se preciso. Mesmo eu rainha do drama mimada que sou tenho evoluído quanto a isso.

#1 Valoriza-se muito mais o tempo com a pessoa.

RELACIONAMENTO A DISTANCIA CAOS ARRUMADO

A Av. Paulista foi o primeiro cenario da nossa historia, onde tudo começou.

Seja via SKYPE ou quando a gente voltar estar juntinhos, sabemos o quanto é ruim não ter a pessoa ao nosso lado então vamos valorizar cada instante juntos da forma mais intensa e proveitosa que podemos. E isso não quer dizer sufocar aquela pessoa, ignorar os amigos. NÃO! Só aproveitar melhor o tempo juntos para desfrutar ainda mais a presença da pessoa muito amada.

 

Claro que preferia estar ao lado dele, dando bacitos de amor e abraços quentinhos e mais um monte de coisinhas, porem eu fico muito contente e realizada em saber que tenho do meu lado (não fisicamente claro) uma pessoa maravilhosa que alem de ser meu namorado é um amigo que posso confiar, que vai me ajudar se me sentir perdida, que me da voz e me escuta, me respeita e ama, me da gás para não desistir dos meus objetivos, que me deixa livre para ser quem eu sou e aceita todo esse pacote conturbado e bagunçado que é minha vida. Nosso relacionamento amadureceu em nove meses o que muitos levam anos, tem uma parte boa de tudo isso e em Agosto o molico esta aqui para me fazer companhia ao vivo e a cores.

Agora queria saber de vocês se vocês já tiveram um relacionamento a distância como foi a experiencia e caso não o que você acha sobre. Deixa ai nos comentários e para acompanhar essa minha jornada muito louca segue no instagram @fialhogi e curte a fanpage do Caos .
Ah e não se esquece de participar da pesquisa de público é importante e vai ajudar todo mundo, é so clicar aqui!

Gi, tem 22 outonos, fez as malas e foi morar sozinha em outro pais. Paulista, adora descobrir novos lugares em São Paulo e criar listas com o namorado (que mora no Brasil) vegetariana, apaixonada por tudo que é lúdico, exótico, doce e colorido.

Uma das formas mais fáceis para se aprender um novo indioma é por meio da música. Foi assim que a música Italiana entrou na minha vida e hoje sou completamente apaixonada. Aproveitei o post da Liv no Nuwem (um blog amo) e resolvi criar a minha versão desse top 5.

Assim como no Brasil, aqui tudo é muito eclético. Os italianos adoram ritmos bem dançantes e tem versões proprias de ritmos como: Zumba, mas também adoram as musicas mais melodicas e românticas, no maior estilo Romeu e Julieta, porem o que chamou minha atenção e ganhou meu coração foi o RAP e não estranhe se você gostar também.

Assim como a com a Liv , sempre que escuto uma musica no radio daqui, procuro logo a discografia inteira, o que se revela é um maravilhoso mundo de musicas incriveis que escuto mil vezes sem parar e uma dessas descobertas foi a Baby K – A primeira vez que escutei foi no carro logo quando cheguei, e a musica tem um ritmo envolvente pra dançar horrores na balada, a letra fala sobre a vida e sobre relaxar e curtir.

#5 – Baby K : Roma – Bangkok


Na verdade isso é uma característica das musicas Italianas, falar sobre a vida e sobre a gente em si daqui, e assim indico a 4° colocação (olha linkei bem vai?!) . Lembra que falei sobre o RAP ? Então foi o Rocco Hunt que me fez encantar com a letra de “Nu juorno buono” e não se preocupe se não compreender: o refrão, é dialeto de Napole. Quer coisa mais legal que isso ? Dialetos fazem parte da Italia e devem sim ser representados. Uma das frases que amo é “a violência estata sempre um metodo de quem não tem cérebro”. 

#4 – Rocco Hunt : Nu juorno buono 

 

E já que é pra emanar amor tinha que indicar o meu crush italiano, Tizziano Ferro , inclusive sua musica “Imbranato” tem uma versão brasuca que você já cantou muito. Sua discografia é bem romântica e muito poetica. Se você parar para traduzir as letras tu vai chorar e se envolver de uma forma e vai começar a amar ate pelo vento depois. A música que vou indicar é uma mais recente que fala sobre uma outra vertente do amor – A superação depois de um fim. A melodia é aquelas que da vontade de levantar do sofá e mudar a vida. Da uma energia sabe?

#3 – Tiziano Ferro : Lo Stadio  

Agora se você quer uma musica mais romântica e mais profunda que Tizziano (o que eu pensei que era impossível) escute a musica de Giorgia com o Eros Ramazzotti. Ele é bem conhecido e tem musicas legais, mas foi com esse feat que me ganhou. A voz dela com a dele deu uma leveza e a batida lembra um pouco as batidas do coração. A produção musical é impecável e a letra muito linda.

#2 – Giogia feat. Eros Ramazzotti – Inevitabile 

E em primeiro lugar meu cantor favorito aqui ta Italia. Jovanotti tem um rock alternativo (daqui) e se recusa a cantar ou escrever qualquer coisa que soe triste ou deprimente. Nenhuma de suas letras fala sobre sofrimento, e isso é muito bom. O cara só compartilha e multiplica a felicidade é impressionante. Minha musica favorita dele é essa ai e convido você a escutar e dedicar a alguém que ame por que é linda e fascinante (molico é pra você haha).

#1 Jovanotti – Il piu grande spettacolo dopo il Big Bang

 

Agora me diz se não é pra amar muito, poderia indicar ainda mais um monte de musica que eu tenho certeza que você ia se apaixonar, muiro alem da Laura Pausini, mas quero saber agora de você, que musica tem escutado e pode me indicar. Eu sou apaixonada por musica e ela me motiva, alimenta minha alma, meu maior trauma e não ter coordenação motora para tocar um instrumento.

 

AH APROVEITA E PARTICIPA DA PESQUISA DO AMO CLICANDO AQUI 

E pra ficar estar por dentro de TUDO fique por dentro das redes sociais do CAOS:
fanpage instagram @fialhogi – google + – bloglovin  

Gi, tem 22 outonos, fez as malas e foi morar sozinha em outro pais. Paulista, adora descobrir novos lugares em São Paulo e criar listas com o namorado (que mora no Brasil) vegetariana, apaixonada por tudo que é lúdico, exótico, doce e colorido.
Theme developed by Difluir - http://themes.difluir.com