/ look

A estação mais quente do ano sempre nos reserva bons retornos, dessa vez a viseira ficou na nossa cabeça. Que não tenhamos preconceito em provar novos acessórios, ainda mais com essa pegada nostálgica que as viseiras tem. O retorno se deve a ascensão de um estilo mais esportivo e o retorno dos bonés como item fashionista (princesinhas de aba reta levantem a mão) de dois anos para cá.

A viseira nada mais é que um boné – só que só com a aba sendo vazado na parte do corpo cabeludo – isso é claro, sua função no inicio nada mais era que proteger os olhos da claridade solar só que sem esquentar a cabeça (to muito piadista hoje). O acessório provem do armário masculino e não sei (mas se você souber me diga) quem foi a pioneira que tirou do boy e se atirou lá pelos verões de 1960 onde o item se popularizou nos Estados Unidos.

Repaginada a viseira vem dominando a cabeça das fashionistas com diversos estilos.

Alem de ajudar na hora de elaborar looks de verão onde menos é fundamental porque não queremos morrer de calor, o item trás muita personalidade a composições simples como um biquíni e um maio, tendo um maior impacto visual alem de mega estiloso.

Com uma releitura mais fashionista cheias de estampas e cores ganhou o coração de famosas e principalmente da Rihanna que adotou o item e tem dado várias lições de como combinar.

Meus preferidos são com aba plástica, o ar dos anos 80 meio futurístico combinam muito mais com meu estilo mais arrojado e justamente não se engane que viseira é um acessório só de praia, como sempre falamos – toda peça é versátil, precisamos só usar a criatividade e observar o potencial de cada uma.

+ MONOCROMATICA 

A blogueira Mica optou por uma viseira fosca com uma pegada descolada junto com o óculos e a corrente de prata. A calça e a bota alongaram e a camisa amarrada na cintura deu mais movimento e um ar informal, no maior estilo esporte chic.

 

+ ROCK GLAMOUR 

Sou contra rotular estilos, ainda mais quando falamos de moda rotular é meio que limitar, mas não consegui pensar em um título melhor para essa composição que tomou meu coração. A regata de malha contrasta com o colar e as pulseiras de prata, assim como a calça meio bóxer de couro (esperamos que fake) com elásticos na cintura. Bem urbana, mostra que como boas peças básicas bem coordenadas podem transformar um look. A viseira deu ar mais ousado para o look. Amei? AMEI MUITO.

 

+ RIHANNA RAINHA 

Mais uma prova que básicos tem toda graça se bem coordenados. A blusa de malha com pegada trash e o jeans overside rasgadinho cintura baixa com a pegada podrinho, ganham outro ar com a viseira que como acessório da uma idéia de mais arrumadinho, alem do contraste de dois estilos que eu amo tanto.


A gente adora uma releitura, dar vida a peças mais antigas mas confesso que assim como as pochetes eu torcia o nariz (particularmente xofanna falando), mas a gente paga com a língua, seja pelo excesso de vezes que vemos e acabamos gostando ou por que a gente amadurece e entende que toda peça tem potencial só precisamos explorar e descobrir uma forma que ela represente nosso estilo individual.

Gi, tem 22 outonos, fez as malas e foi morar sozinha em outro pais. Paulista, adora descobrir novos lugares em São Paulo e criar listas com o namorado (que mora no Brasil) vegetariana, apaixonada por tudo que é lúdico, exótico, doce e colorido.

O blog vai completar um ano e essa é a primeira vez que compartilho um look do dia e nada melhor que um mix de estampas para estreiar! Acho que o motivo para nunca ter feito algo parecido, é que toda vez que observo em outro blog, vejo composições previsíveis sem criatividade. Sei que se “moda é uma mensagem” nada de errado que essa mensagem seja batidinha e comum. Mas eu, Giovanna, penso que se você tem um espaço (blog, insta, canal) e resolveu falar de moda, procure outras vertentes, outros olhares. Mantenha sua essência, mas seja sempre GENUÍNA.

Tentando ser espontânea

Me inspiro sempre em looks que tenham personalidade, gosto de olhar uma proposta e reconhecer traços da pessoa. Nosso estilo sempre vai mudar, aquilo que a gente acha brega hoje, pode nos encantar amanhã. Nos rendemos aos fashionismos, sou assim também (embora hoje muito mais consciente do que consumo). é com esse pensamento que trago para vocês meu primeiro look do dia, carregado de personalidade e história, mostrando que para construir uma boa produção não precisamos comprar nada mais.

O sol star ganhei da Gaia e tem um edito verniz

O vestido xadrez de linho encontrei em uma das visitas ao closet da minha mãe. Ela comprou para usar no meu aniversário de 1 ano! Ou seja: Verocas tinha 23 aninhos quando usou esse vestido e euzinha hoje com 22 anos posso usar também.

Bacitos porque adorei o decote quadrado do vestido com a gola da camisa

Gosto da combinação de ambos e do mix de estampas, acho que criativo e sempre novo. Uma proposta mais arrojada e que todo mundo pode tentar! Vale usar com a saia xadrez, com a blusa de bolinha, não importa, o que vale é tentar né nom?

O ângulo horizontal que a camisa criou alongou meu pescoço, afinando meu rosto por tabela

Peço desculpas, ainda não estou acostumada com fotos de blogueira, mas prometo me empenhar em melhorar. Fotografamos na Galeria Melissa na Oscar Freire e foi muito divertido mas quem me acompanha no instagram (@caosarrumado) ja sabia né?

Gi, tem 22 outonos, fez as malas e foi morar sozinha em outro pais. Paulista, adora descobrir novos lugares em São Paulo e criar listas com o namorado (que mora no Brasil) vegetariana, apaixonada por tudo que é lúdico, exótico, doce e colorido.
Theme developed by Difluir - http://themes.difluir.com