Comer bem na Itália sem gastar muito - DICAS SEM ERRO

inventando moda & carimbando passaportes

COMER BEM

Comer bem na Itália sem gastar muito

, por fialhogi

Comer bem na Italia é um desafio quando se é turista, na maioria das vezes: é cilada Bino. Ou encontramos opções fora do orçamento, ou saímos de lá com a sensação que deveríamos ter comido no Mc’Donalds.

Pior que comida ruim, é comida ruim e cara! Pagar para sair com fome então, é a motivo para desanimar o passeio.

O que compartilho com vocês agora é um  guia com dicas e curiosidades para não cair em armadilha de turista.

Morando aqui e  viajando sempre pelo pais alguma experiencia eu adquiri, e tenho certeza que dividir com vocês vai deixar tudo mais saboroso.

5 LUGARES PARA CURTIR O VERÃO NA ITALIA

 

Vamos por partes, ou melhor refeições: A primeira delas é o café da manhã (colazione – se pronuncia colacione).

Essa é a pior parte para mim, dificilmente eu encontro variedade, por que no fim das contas sou habituada com outro estilo.

Por aqui é um expresso ou machiato (café com leite) mais uma pasta, e pasta aqui não é macarrão logo cedo!

Pasta são pâtisseries, croissants de nutella, bombolones, que são nossos sonhos de padaria. No final das contas é sempre um café com docinho.

Como metade do ano é muito frio, o primeira refeição reflete nisso.

Comer bem na Itália sem gastar muito pode ser um desafio, ou não.

COMER BEM SEM GASTAR MUITO NA ITALIA - GUIA DO TURISTA

Minha dica é aproveitar as opções service-service do hotel ou fazer compras em mercados, mesmo que você gaste um pouco a mais, se esta acostumada com a fartura do nosso estilo colonial, vai se decepcionar e sair com fome.

Porém se decidir pedir um café: o macchiato é um café pequeno manchado de leite. O cappuccino deles não tem chocolate, para gente é nosso café com leite meio a meio.

 

A MALA PERFEITA PARA CADA ESTILO DE VIAGEM

 

Algumas coisas são importantes lembrar sobre o habito alimentar dos Italianos, por aqui eles dividem tanto o almoço (pranso) como a janta (cena – se pronuncia tiena) em: antipasti, primo, secondo, contorno e dolci.

Antipasti: Na tradução literal é algo antes da pasta, antes da refeição. Podem ser frios como presunto crudo, azeitonas, queijos, varia conforme a região.

Aqui onde mora é comum piadina, squaquerone e crudo.

 

COMER BEM NA ITALIA GASTANDO POUCO

 

Primo: Por ordem é um carboidrato, as vezes um risoto, um ragu, torteline com molho de queijo e nozes.

Secondo: Normalmente serve-se carne e meu conselho (que nesse sentido vale bem pouco) prefira a tagliata (talhata) que sao carnes bovinas grelhadas, lembra o nosso churrasco.

Contorno: Por ultimo e bem servido, é um conjunto de vegetais como pimentão, tomate e cebola assados. Alem claro de saladas e vegetais crus.

Dolci: O melhor doce que se tem para pedir é claro um tiramissu ou um mascarpone, se tiver um sorbeto também cai bem.

Dicas de como escolher um bom restaurante: Minha dica é observar os menus do lado de fora e se tiver alguma pessoa “convidando” para entrar, repense.

 

CHEZ OSCAR. CLIMA DE ACONCHEGO E COMIDA BOA!

 

Os moradores locais não precisam de incentivo que não a boa reputação que nesses casos é o famoso boca-a-boca.
Quanto mais Italiano, maior a garantia que você vai comer bem por aqui.

Outra boa dica é aproveitar os APERITIVOS, alguns restaurantes e bares em um determinado horário, normalmente a partir das 18 horas, costuma custar um valor fixo em média de 5 a 8 euros com bebidas e petiscos a vontade.

Outra boa dica é pedir pizzas se você não pretende gastar muito, aqui na Italia se come uma pizza inteira por pessoa e a mais barata costuma custar 4,50 euros.

Comer bem sem gastar muito na Italia não é um desafio quando se conhece os truques de um local.

Comente!

Gi Fialho

Comente este post!