/ TURISMO

Meu povo brasileiro, hospitalidade é uma palavra muito forte e engloba vários outros sentimentos e alguns deles é a compaixão, de se colocar no lugar do outro e a generosidade de ofertar sem pedir ou esperar nada em troca. Eu amo a Italia, mas hospitalidade não é seu ponto forte. Um país com uma cultura riquíssima e educação impecável não leva o premio de mais simpático.

Claro que não pretendia exagerar, excluo aqui meus poucos amigos, mas ate eles concordam comigo quando abro meu coração. Gaia sempre diz da forma mais italiana possível que o povo daqui (principalmente do norte) tem a “puzza sob o naso” que é algo como o nosso nariz empinado.
Queria dizer que é mentira, que a maioria não é metido, mas não é. Isso é uma das coisas que me reprimem a tomar a iniciativa e conversar com alguém. Como todo bom europeu, o povo daqui é muito reservado e com isso qualquer abraçado bem intencionado de alguém que vem da America do Sul pode ser confundido com uma invasão de espaço indelicada, indesejada e totalmente desnecessária. Claro que aqui entra uma parte cultural muito forte, não podemos culpar.

 photo 059921580990181470167746747327c6_zpsrb20lshg.jpg

A Ana Patricia do blog Viajando para a Italia escreveu o seguinte “No Brasil qual a bochecha que você da ao ser apresentado a alguém ou mesmo ao rever um amigo? A direita? Pois então, aqui é a esquerda! Mas vai explicar isso pro teu subconsciente que està acostumado hà tempos com o outro lado da bochecha”. Quero dizer com a citação é que: estamos tão acostumados a receber qualquer um tão bem, por que isso é o natural, que ficamos perdidos quando chegamos em terras estrangeiras e isso não acontece.

Nosso povo, o Brasileiro mesmo, esse que tem PHD em falar mau da propria cultura, que prioriza valorizar algo internacional que o produto próprio, que se esquece das entiquetas no churrasquinho da lage: tem algo maravilhoso dentro de si que não se encontra em lugar nenhum e também não pode-se comprar. Nosso povo é caloroso, nosso povo é gentil, nosso povo é hospitaleiro por caridade.

Todas as vezes que leio algo como “vou me mudar pros estados unidos” ou “aff se fosse na Europa estava melhor”, por infra estrutura pode ser sim, mas ninguém vai te tratar tao bem quanto ai. Sou grata a Italia, ela me recebeu ate que bem, mas formar laços aqui é complicado e enquanto isso não ocorre eu sou só mais uma estrangeira perdida.

Esse foi so mais um dos meus desabafos, sinto saudades de casa.

E pra ficar estar por dentro de TUDO fique por dentro das redes sociais do CAOS:
fanpageinstagram @caosarrumadogoogle +bloglovin

Gi, tem 22 outonos, fez as malas e foi morar sozinha em outro pais. Paulista, adora descobrir novos lugares em São Paulo e criar listas com o namorado (que mora no Brasil) vegetariana, apaixonada por tudo que é lúdico, exótico, doce e colorido.

Não é difícil amar a Italia, ela é cativante! Seja na esquina com seus cafés bistrôs e gelaterias ou com o ambiente sempre harmonico que inspira filmes de romance e canções de Taylor Swift. Morar aqui é um privilegio e agradeço todos os dias pela oportunidade que foi me presenteada. Listei os motivos que mais gosto daqui e que também são mais diferentes do Brasil.

 

 photo tumblr_njfq6d2CQu1sai2zro1_500_zpsute96zhd.gif
+ RESPEITO COM O ALIMENTO

Uma coisa que me impressionou da primeira vez que vim pra Italia e ate hoje me encanta é como eles tratam o alimento. E uma coisa simples mas comum por qualquer Italiano. Pra começar as plantações, aqui a maioria consome orgânico com isso se produz menos com agrotóxicos, outra coisa legal é que não existem latifúndio aqui, as empresas que produzem os industrializados costumam comprar de varias pequenas fazendas que produzem da forma correta. Não para por ai, quando você vai ao super mercado, ate a exposição deles é feita de uma forma que não gere desperdício, nas prateleiras você encontra uma quantidade de laranjas, alfaces, limões, cebolas e pimentões suficiente para o consumo daquele dia evitando a contaminação exagerada causada por tantas mãos desconhecidas, que a gente nunca sabe onde encostou por ultimo (ah eles disponibilizam luvas pra gente pegar ta?), aqui você compra aquilo que vai consumir na semana, não no més. E menos pratico, talvez. Mas é mais econômico de fato. As chances de você comprar a mais do que vai consumir são muito menores. Sem exageros.

 

 photo VeniceItaly_zpsh4uthclt.jpg

+A HISTORIA AO VIVO

Imagina o que é a cada esquina você encontrar algo dos tempos medievais, ou ainda mais antigo da época dos Romanos. Uma das coisas mais encantadoras que me deslumbram com toda certeza é sair pela ruas da Italia e cruzar com monumentos que estudava do meu livro de historia. Meio surreal  non? A preservação é muito incrível, o cuidado o zelo que tem para não comprometer em nada a herança palpável da humanidade. E absurdamente magico! Eu não consigo descrever tamanha é minha emoção quando me deparo com lugares como o Coliseu! Eu  espero que todos vocês possam um dia desfrutar de uma experiencia assim por que é indescritível.

 

 photo estudando-para-o-vestibular_zps397uwyvi.jpg

+ENSINO MÉDIO ATE OS 19!

Se você achou difícil esperar ate os 17 pra dizer saionara, arrivederci pro seu ensino médio, fique sabendo monamour que aqui a conclusão é só aos 19! “COMO ASSIM XOFANNA?”. Assim como a maioria eu orava todo dia pra terminar aquele inferno que a gente chama de escola por vezes, por que quem já sofreu bullying sabe do que eu to falando (menos na AFAM eu adorava la), enfim o que eu mais gosto é a estrutura que educacional que é voltada realmente para uma preparação seria. Ate ensino fundamental 1 é como no Brasil (ou seja ate os 10/11 anos) dai eles entram no que eles chamam de ensino médio – que pra gente é fundamental dois – ate os 14 anos, e a estrutura é bem parecida com a diferença que já nesses anos tem a inclusão de aulas a tarde, mas isso também acontece em algumas escolas, a grande diferença mesmo esta no Ensino Superior (que não é faculdade) equivale ao nosso Médio só que ao invés de ser 3 anos são 5 anos e a estrutura muda completamente, você escolhe pra qual escola superior quer seguir, exemplo : Escola Clássica : que é voltada para áreas de humanas e linguísticas. Escola de Ragionaria : que é voltada para a parte de exatas e engenharia. Escola Artística, Escola Bionao lembro o que. Enfim existe uma variedade incrível de escolas que durante esses cinco anos te preparam com materias daquilo que você vai realmente ver na faculdade. Eu por exemplo me matei em quimica, fisica durante o ensino médio e nunca vou usar isso na minha profissão. Essas materias bases são todas inclusas, obrigatórias e estudadas no ensino médio deles , que pra gente é o fundametal dois. Ah é o mais bacana é que escola particular aqui, meio que não existe. Só quem paga escola aqui são pessoas que precisam de uma estrutura e uma atenção melhor. Deu pra entender por que isso é tao legal?

 

Contem pra mim aqui no post o que vocês acham? E me contem o que gostariam de saber sobre a Italia. Conta tudo nos comentarios.

E pra ficar estar por dentro de TUDO fique por dentro das redes sociais do CAOS:
fanpageinstagram @caosarrumadogoogle +bloglovin

Gi, tem 22 outonos, fez as malas e foi morar sozinha em outro pais. Paulista, adora descobrir novos lugares em São Paulo e criar listas com o namorado (que mora no Brasil) vegetariana, apaixonada por tudo que é lúdico, exótico, doce e colorido.

Para facilitar ainda mais sua viagem, ter os aplicativos certos pode ser um truque de mestre para você aproveitar mais, com segurança. Mas não se esqueça de aproveitar e desconectar, use eles só quando necessário.

 photo PackingList_zps1ks8gdqn.png

Na hora de fazer as malas: Packing List (iOS e android) – 

Se você é do tipo que não sabe por onde começar e se pergunta o que levar na bagagem, ter listas prontas pode ser um bom começo. Remédios, documentos, itens de higiene. Ter um checklist ajuda muito na hora H.
Além disso, há uma lista para tomar as últimas providências antes de fechar a porta de casa. E você é metódico, o melhor é que gente pode criar listas personalizadas e ir acrescentando os itens conforme for lembrando. Assim, na hora de arrumar a mala e checar os ítens da casa, é só conferir. E sem correr o risco de perder a lista, já que ela está no seu celular!

BAD: O App é todo em inglês, então se você não tem muita noção do idioma vai ter que usar um dicionario junto.

 photo Bon Voyage Travel Budge amp Expenses_zpsquzo6h43.jpeg

Na hora de controlar o money: Bon Voyage app (iOS e android) –
Esses aplicativos controlam os seus gastos durante a viagem. Entre os recursos oferecidos por eles, está a definição de um orçamento, o câmbio monetário e, claro, o controle do quanto você já gastou e o quão longe está do limite (mostrado em porcentagem com um infográfico).

BAD: Migue nao tem bad, é so vibe boa e ajuda muito.

Transportes : MetrO (IOS, Blackberry e Android)
Um bom aplicativo para aqueles que amam explorar as cidades a pé, de uma maneira rápida e de baixo custo. Pelo MetrO é possível encontrar o mais barato e eficiente caminho a ser feito com transporte público, incluindo metrôs, trens e ônibus, em mais de 400 cidades ao redor do mundo. O app permite que o usuário faça download e salve os mapas da cidade no celular, para então facilitar a escolha de rotas quando não há sinal de internet.

BAD: A interface é meia confusa, pelo menos eu achei.

 photo Couchsurfing_zps9z2lhqpv.png

Acomodações: Couchsurfing (iOS e android)
Um aplicativo pra emanar amor. Permite que voce conheça pessoas e possa dormir na casa delas em um determinado periodo sem pagar nada. E legal por que assim voce conhece a rotina de quem mora de verdade na cidade, no pais.

BAD: A maioria é tudo gente boa, mas é sempre bom ter uma conversa via SKYPE e acertar tudo certinho.

 photo Nativoo  iOS e android_zpsz52wg0mq.jpg

Guia e Roteiros: Nativoo  (iOS e android)
Nativoo é excelente para criar roteiros, com uma interface fácil de usar, sugere rotas prontas ou você pode criar as suas com base no que deseja, viagens voltadas para aventura, romance ou historicas. Você consegue criar os dias, com os horarios que pretende visitar.

BAD: Não tem muitas cidades para escolher, os destinos são bem clichês.

 photo INSTABRIDGE_zpsajuzxz3t.png

Wifi Gratis INSTABRIDGE (iOS e android)

E sempre bom ter acesso a internet não é mesmo, seja para postar a foto da viagem ou para a comunicação. O Instabridge que, apesar do nome não tem nenhuma ligação com o Instagram,Ele encontra redes sem fio próximas a você e e diz a localização, o nome SSID, bem como a velocidade da rede. Além de tudo, ele possui uma interface muito bela e de bom gosto.

E pra ficar estar por dentro de TUDO fique por dentro das redes sociais do CAOS:
fanpageinstagram @caosarrumadogoogle +bloglovin

Gi, tem 22 outonos, fez as malas e foi morar sozinha em outro pais. Paulista, adora descobrir novos lugares em São Paulo e criar listas com o namorado (que mora no Brasil) vegetariana, apaixonada por tudo que é lúdico, exótico, doce e colorido.
Theme developed by Difluir - http://themes.difluir.com