6 MOTIVOS PARA CONHECER A EMIGLIA ROMAGNA

Romagna mia! A região que me acolheu como filha, pouco conhecida mas riquíssima em seus detalhes.

Afinal da terra do macarrão a Bolognesa não podia esperar menos que isso.

A forma como a Itália é geograficamente organizada é um pouco diferente da do Brasil, e pode causar confusão.

Mas basicamente, a Romagna conta conta com 9 províncias (que seriam nossos estados) e 331 comunes (que seriam nossas prefeituras).

Uma bela e grande regiao pouco conhecida.

Resolvi listar 6 motivos para inserir a Romagna nas suas próximas ferias pela Itália.

1 – CIDADES E FESTAS MEDIEVAIS

Saludecio, Mondaino, Montefiore, Montegridolfo em um, Pennabilli, Sant’Agata, San Leo, Verucchio no outro!

Entre os festivais populares, o folclore e muita boa comida tradicional, você pode encontrar a verdadeira cultura da Romagna.

Como uma viagem no tempo, você come e vivencia um dia na idade media!

2 – RAVENNA

Quando voglio capire la storia d’Italia, prendo un treno e vado a Ravenna
– PT : Quando quero entender a história da Itália, pego um trem e vou a Ravenna.
Arnaldo Momigliano

Ravenna é uma cidade que consegue SURPREENDER com discrição e gentileza.

Sete de seus oito monumentos são Patrimônio da Humanidade, guardam por mais de 1500 anos um tesouro incomparável.

Sua arte feita de de peças preciosas capazes de contar com suas combinações de cores o esplendor artístico.

emane l’amore #street #streetart #love #weloveredhair #redheadbrasil #vscoitaly #vscocam #blogsvm

Un post condiviso da xofanna (@caosarrumado) in data:

Ravenna foi três vezes a capital do Império Romano, do reino dos ostrogodos, do arco bizantino.

Certamente é a provincia mais artisticas da Romagna.

Conhecida por seus mosaicos a cidade é muito mais do que isso.

Quem ama arte e historia, não pode deixar de passar por Ravenna.

3 – BOLOGNA PARA COMER BEM

Bologna é uma província com a culinária rica e barata.

É maravilhoso comer bem e pagar bem.

Não tem muito o que dizer, apenas sentir, o sabor de cada coisinha.

4 – OS BOSQUES MAIS LINDOS PARA CONHECER

As maravilhas e as cores da natureza do Appennino Forlivese.

Tive o privilégio em meu primeiro ano ir colher castanhas no outono para comer assadas.

Eu me sentia como o pequeno urso, dentro da minha infância.

Até 31 de março, visitas guiadas e excursões com guia durante os fins de semana através do Parque Nacional de Florestas Casentino.

5 – UM POR DO SOL EM CESENATICO

O mesmo porto que Da Vinci desenhou em Navigli – Milano, tem sua versão, mais modesta, mas tão exuberante quanto, pelas terras Romagnolas.

Cesenatico é um porto, único. Conheci o de Milão e digo, que esse é muito mais charmoso.

Cercado por barcos de um museu externo e uma culinária típica da região.

Se come Piada, pizza e gelato, pagando bem menos que na Capital da moda.

O por do sol é um encanto a parte, eu não consigo dimensionar a energia que me passa.

Eu floresço toda vez que estou ali.

6 – RIMINI HISTÓRIA E MAR.

Imagina ter a oportunidade de chegar pertinho de livros que completam nesse ano 1600 anos. Não, você não leu errado! Manuscritos valiosos. Alexandre Gambalunga herdou do pai alguns livros e foi ai que começou o romance dele com essa casa, com passagens secretas (pense que naquela época a igreja num gostava muito disso não). Quando morreu, doou o espaço para Rimini com uma cláusula bem clara: a casa teria que se tornar uma biblioteca de acesso livre a qualquer um. Não se priva informação e o conhecimento de ngm. Fiquei emocionada sim!!!!! Essa é a segunda biblioteca que conheço, e quando o blog retornar, vou listar tudo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . #italy #italia #vacanza #rimini #biblioteca #tumblr #pinterest #modicesinspira #soubgs #cbblogers #weloveheadhair #hairstyle #blogger #visititaly

Un post condiviso da xofanna (@caosarrumado) in data:

Rimini é a cidade que estudo e também que roubou um cadinho do meu coração.

Ali encontramos um pouco da história dos Malatesta e de Pernalonga Garibaldi.

Uma biblioteca com mais de mil anos, cheia de passagens secretas.

Além que a poucos km encontramos aldeias como San Leo.

Rimini além de tudo isso é a própria Riviera da Romagna, uma boa saida para quem não curte praias lotadas.

 

 

Romagna é uma região que tem muito a oferecer e quero explorar e dividir tudo com vocês.

Quem embarca comigo?

Minha mãe sempre disse “Xofanna pare de inventar moda!” – Pois é, que bom que nunca escutei.

Comentários

comments

VAI GOSTAR

1 COMENTE

Fernanda 15/06/2018 at 22:23

Uau.. Adorei!! Na minha próxima viagem vou colocar esse roteiro para conhecer.

http://projetofit60d.com/programa-play-hiit/

Reply

Leave a Comment

CommentLuv badge