O que fazer em San Marino um pais dentro da Itália

inventando moda & carimbando passaportes

VIAGEM

O que fazer em San Marino um pais dentro da Itália

, por fialhogi

San Marino assim como o Vaticano, é um pais dentro da Itália. Como se fosse uma ilha, só que sem o mar.

A cidade que mais parece um povoado dentro de um castelo fica a 30 minutos de Rimini é uma ótima opção de passeio para quem vem visitar a Romagna.

San Marino fica no alto de uma das montanhas, o Monte Titano, que cercam o Valle Rubicone (onde eu moro). Inclusive a noite, consigo ver as luzes das três torres e de todo o pais, da janela do quarto da minha mãe.

O lugar foi estratégico já que San Marino (que não era santo) queria fugir da perseguição dos cristãos, fora isso o pais tem um histórico de diplomacia incrível.

Na época, quando Napoleão estava conquistando a Europa inteira, o então governador do pais, garantiu a independência de San Marino, sendo diplomático (não aliado) ao conquistador, que até ofereceu terras, mas San Marino achou melhor não.

O DIA EM QUE VI ESTRELAS CADENTES – A NOITE DE SAN LORENZO

Em 1631 San Marino se tornou uma república independente, com seu território um pouco maior que um castelo, é ainda hoje um dos países mais ricos do mundo.

Em 2008 San Marino se tornou Patrimonio da Humanidade pela UNESCO.

O QUE FAZER EM SAN MARINO

Existe muita coisa legal para fazer na cidade, porem um dia é suficiente para aproveitar o encanto medieval de San Marino afinal o são apenas 61km² .

E não se assuste com a quantidade de lojas com seus letreiros que parecem dizer “COMPRE, COMPRE, COMPRE!”, San Marino é uma região Tax free, e mesmo você pagando em Euro, as vezes compensa comprar lá.

Então uma das coisas que você pode fazer em San Marino é compras.

Apesar que, o mais legal mesmo: é andar entre becos e vielas da capital do pais (sim o castelo é a capital) ao todo são 8 cidades, mas no final, a parte mais interessante é essa que descrevo.

Conforme você vai andando e subindo as grandes ladeiras, você terá o privilegio de vistas novas e incríveis. Um por do sol em San Marino é para poucos.

Mas se você não curte ladeira, não tem problema, San Marino tem um teleférico. Ele tem 3 pontos de entrada, veja qual é mais conveniente para você.

O ponto mais alto do Monte Titano é ali na praça do teleférico que tem uma vista 360° ou em uma das torres.  O que me leva a terceira dica: visitar as torres de San Marino, duas delas são abertas ao publico e custam 4,50 euros.

Uma outra coisa legal é carimbar o passaporte, para entrar em San Marino não é preciso visto ou carimbo, mas com 5 euros você consegue no Centro de Informações ao turista carimbar seu passaporte.

COMER BEM NA ITÁLIA SEM GASTAR MUITO

5 LUGARES PARA CURTIR O VERÃO NA ITALIA

Ali perto da praça tem a Basílica de San Marino, que não é tão monumental como as que visitamos pela Itália, mas perto da cidade, a Basílica é gigante! A entrada é franca, mas é proibido filmar e fotografar.

Um detalhe legal é que no inverno nesse mesmo local a Basílica é iluminada por projeções, contando a historia do menino Jesus. Cada ano eles mudam.

A mais bonita que vi, foi uma que parecia vitrais, como os de Ravenna, foi emocionante.

Uma outra coisa legal é parar para tomar um gelato, um café ali na piazza della Liberta, é a primeira parada plana. Na primavera e no verão é um lugar seguro e com sombras para descansar, no outono e no inverno é um espaço cheio de luzes e artes iluminadas. É MAGICO!

O QUE FAZER EM SAN MARINO - UM PAIS DENTRO DA ITALIA O QUE FAZER EM SAN MARINO - UM PAIS DENTRO DA ITALIA O QUE FAZER EM SAN MARINO - UM PAIS DENTRO DA ITALIA O QUE FAZER EM SAN MARINO - UM PAIS DENTRO DA ITALIA O QUE FAZER EM SAN MARINO - UM PAIS DENTRO DA ITALIA O QUE FAZER EM SAN MARINO - UM PAIS DENTRO DA ITALIA

QUANDO IR ?

A verdade é que na Primavera e no Verão, mesmo com temperaturas altas, a cidade ainda é fresca, o que facilita a caminhada.  A vista do alto é limpa também, o que é difícil no Outono e no Inverno.

Ao contrario do verão nessa época tem muita neblina e as chances de você ver a cidade do alto diminuem, porem em contrapartida: no Natal o castelo fica todo iluminado.

O presépio e as luzes da cidade são tão famosas quanto as três torres, e nas duas semanas que antecedem o Natal, toda noite tem queima de fogos.

COMO CHEGAR ?

Você encontra ônibus que custam nove euros que saem de Rimini, ou você pode ir de carro, mas se preparem para estacionamentos L O T A D O S, por isso cheguem cedo.

E se você for para San Marino, me chama que eu moro bem pertinho, vamos tomar um café juntos. Então compartilhe esse link com quem vai viajar com você.  Comente o que você mais gostou, é muito importante para o blog isso.

Comente!

Gi Fialho

Comente este post!