inventando moda & carimbando passaportes

COMO ME SINTO

FOMO| Dilemas dos 25

, por fialhogi

Tenho sentido um vazio, frustração de parecer que sempre estou perdendo algo, tem consumido minha energia é um dilema sem fim de classe média, eu sei.

Também sei que essa felicidade eufórica que tudo ao meu redor transparece é um recorte de um todo. Mas é difícil de aceitar porque agora a minha situação não me permite fazer o que quero fazer. 

Com isso eu dou espaço para FOMO. Morar no interior da Itália, quer dizer que não tem muita coisa para ser feito como em São Paulo, passo muito tempo em casa, meu trabalho é em casa, e as vezes eu só queria um resultado rapido para ter uma vida estável.

Eu não sei lidar com essa instabilidade financeira e emocional e sei que isso faz parte de crescer. 

O ocio de ter poucos trabalhos, porque é o começo da minha empresa é pra mim um dos gatilhos mais fortes, porque na minha cabeça tenho que produzir 24hrs por dia para ter sucesso, e isso as vezes acaba confundindo a minha mente porque eu acho que estou procrastinando.

No auge da crise, paro o que estou fazendo no meu trabalho e vou tomar banho, porque tomar banho é um momento onde posso ficar sem fazer nada (ou na minha leitura não estar presente) porque estou fazendo algo. No caso tomando banho.

FOMO, FRUSTAÇÃO E COMPARAÇÃO | Dilemas dos 25

Eu entendi que os gatilhos nem sempre são associados ao feed e a infinita felicidade que ele vende. Por exemplo: É carnaval todos estão curtindo aproveitando, vivendo. Minha família se reuniu depois de anos para passar um final de semana na praia e minha melhor amiga da vida vai casar e eu não vou estar lá. 

Estava escutando o podcast Bom Dia Obvious que falava e definia FOMO muito bem:

“Sabe quando você tá em algum lugar sem internet e bate um mini desespero porque não consegue saber o que tá acontecendo no mundo? E quando você tem internet, mas está em casa, enquanto todo mundo do seu Instagram tá na praia ou na balada do momento? E aí você não consegue parar de rolar o feed e um sentimento de angústia e ansiedade toma conta de você? Prazer, FOMO – fear of missing out, ou o medo de perder coisas.“

A insatisfação é tanta que entro no looping de me comparar, comparar meu tempo e com isso me sinto não merecedora e entro na bad sem fim. 

Todos temos limites que impedem e de fazer tudo aquilo que desejamos, e essa sensação de não estar presente de estar perdendo uma parte da vida e histórias, como se eu não pudesse viver depois é sufocante, porque não depende so de mim. 

Esse é apenas um desabafo de como sinto – dilemas dos meus 25

    Comente!

    Gi Fialho

    Comente este post!