GUIA PUGLIA Itália - Dicas, atrações e informações -

GUIA & ROTEIRO

GUIA PUGLIA Itália – Dicas, atrações e informações

, por fialhogi

O Guia Puglia é um compilado de dicas e informações para você não passar perrengue na sua viagem, otimizando melhor seu tempo e dinheiro.

Falamos especificamente de Salento que é a parte do salto da Itália, conhecida como o Caribe da Itália localizada na região da Puglia (no sul) é famosa pelo encontro do mar Adriático ou Jônico, dependendo do lado da península. 

Essa é uma cidade muito acessível financeiramente falando a maior parte das atrações são gratuitas e o valor da hospedagem e alimentação não é alto. Por isso compensa tanto investir em passeios de barcos para conhecer os lugares secretos.

BÁSICO

MELHOR MÊS PARA VISITAR: Julho – Setembro
PIOR MÊS PARA VISITAR: Novembro – Fevereiro
MOEDA: Euro
IDIOMA: Italiano
TOMADA:  3 pinos 230v
DOCUMENTOS NECESSÁRIOS: Passaporte para estrangeiros e visto para estadias superiores a 90 dias.
NÚMERO DE EMERGÊNCIA: 112 Policia 118 Ambulância 

ONDE FICAR:

Na nossa estadia ficamos em um apartamento em Torre Vado cidade “dormitório” com um ótimo custo-beneficio mas, é uma cidade muito pequena sem muito a oferecer além de uma boa noite de sono. 

Em uma próxima oportunidade escolheria Galipolli ou até mesmo Santa Maria de Leuca, que oferecem maior infraestrutura além de serviços noturnos. Falamos mais sobre isso nesse Guia Puglia.

Não sabe como escolher um bom hotel? Nesse link eu te explico um método secreto para escolher o hotel perfeito sem ficar na mão dos sites de busca. 

COMO SE LOCOMOVER:

Chegamos de carro pela A14, como estamos em um momento de pandemia pós quarentena, preferimos 10 horas de carro (saindo da Emilia Romagna) a um avião ou trem. 

Falando nisso o aeroporto mais próximo em Salento fica em Lece ou Brindise, depende muito. As opções de trem são maiores, dependendo muito da região que você preferir ficar. 

No nosso caso o carro era essencial para que pudéssemos conhecer outros locais, não existe transporte publico eficiente, você encontra alguns ônibus que ligam uma cidade a outra mas nada muito além disso. 

O Guia Puglia recomenda que quando vier ao Sul da Itália prefira vir de carro ou alugar um carro. Isso vai facilitar muito sua liberdade e locomoção.

TOP COISAS PARA FAZER:

Essa é uma viagem de família pós quarentena em meio a uma pandemia, por isso tudo foi pensado para que pudéssemos aproveitar de forma consciente, responsavel e prudente. 

Somos em 4 adultos e uma criança de cinco anos que adora praia, por isso acho que foi mais facil gestir tudo. 

Criei um mapa no google ( Guia Puglia ) com todos os pontos principais que visitamos, acesse ele clicando aqui para saber a localização exata de cada ponto.

GUIA PUGLIA Itália - Dicas, atrações e informações

1 – Ponte del Ciolo

Meu lugar favorito de toda a viagem! Um paraíso escondido no meio do caminho. Uma entrada do mar, de agua cristalina e escadarias lendárias no meio de duas grandes rochas.  Gratuito, estenda sua toalha e aproveite cada instante. 

Ponto forte – Vista e água! Perfeito para mergulho e desfrute. 
Ponto fraco – Não é de facil acesso e não tem estacionamento. 

2 – Lecce

Lecce é uma praia diversa, como não tem espaço para os “ombrelones” (guarda-sol) eles criaram decks sob a água azul turquesa para quem quer tomar sol e curtir o mar. 

Ponto forte – Estrutura completa, cada bagno tem disponível vestiario, restaurante, guarda sol e cadeiras. 
Ponto fraco – Custa, varia muito, mas custa muito mais que um ombrelone normal. 

3 – Marina Serra 

Também no meio da estrada duas entradas do mar, muito raso e com monte de pedras de perder o fôlego. E possível também entrar em duas pequenas grutas e aproveitar muito uma piscina natural verde-agua. 

Ponto forte – Local unico no mundo, a agua é limpida e quente porque é rasa. 
Ponto fraco – Pouco espaço e infra-estrutura. Não tem muito espaço para tomar sol e nem possibilidade de colocar guarda-sol. 

4 – Santa Maria de Leuca 

No mesmo local onde temos deks existe uma segunda opção abaixo a ponte, calma não é nada do que você pode estar imaginando. Um espaço rochoso, grande e libero para aproveitar um mar que agitado e fundo. 

GUIA PUGLIA Itália - Dicas, atrações e informações

Ponto forte – Gratuito! E só estender a canga e aproveitar. 
Ponto fraco – Tem muita escada, não tem banheiro ou qualquer outra estrutura conveniente. 

5 – Gallipoli 

Uma cidade com um castelo ao centro, um sul colorido entre seus tijolos brancos característicos da região. Oferece uma vida noturna ativa com bares e restaurantes em meio a historia antiga da propria cidade. 

Ponto forte – Versátil, como disse acima em uma próxima vez ficaria acomodada nessa cidade, um mar bonito azul claro e uma qualidade de diversão como toda cidade do Sul é. 

Ponto fraco – Muita gente sem mascara! Foi impossível ficar mais de duas horas no local. Tomamos um drink e tivemos que voltar, era preocupante a negligencia. 

GUIA PUGLIA Itália - Dicas, atrações e informações

6 – Grotta della Poesia 

Um local mágico na costa do mar a Grotta della Poesia é um “buraco” de cinco metros até o mar com uma cor turquesa de iluminar os olhos. O espaço tem seguranças que fiscalizam a entrada de cada pessoa na Grotta. Só da para mergulhar PULANDO os cinco metros. Para subir tem uma escada lateral apenas para subir. 

Ponto forte: A vista e experiencia é incrível! Nunca vi nada parecido na vida. 

Ponto fraco: A entrada custa 3 euros para não moradores e o fato de poder entrar só pulando inibe muita gente de aproveitar. 

7 – Polignano A Mare

Cenário de muitos filmes, inclusive de um dos meus filmes favoritos (que já indiquei aqui) Polignano A Mare é uma mistura de borgo medieval com entradas de um mar azul claro e grottas que se transformam em praias espetaculares.

Ponto forte: Tem muitos passeios gratuitos a cidade é repleta de borgos para conhecer. 

Ponto fraco: Apesar das praias serem gratuitas descer até elas é um grande trabalho (não vi acesso para deficientes)

8 – Torre Del Orso

Superando as expectativas, Torre Del Orso é uma praia de areia com infraestrutura com um água clara e limpa. O mar é gostoso, começa “fundo” e alguns passos adiante tem um banco de areia para aproveitar. 

Ponto forte: A Praia é muito organizada e limpa

Ponto fraco: Apesar de ser de areia o espaço entre o mar e a areia é curto e por isso fica muito lotada.

PRAIAS QUE GOSTARIA DE TER IDO | Guia Puglia

Evitamos ao máximo lugares que tivessem aglomeração, mesmo que a lei diga que para ambientes abertos o uso de mascara não é obrigatório o numero de pessoas por metro quadrado impossibilitam o um metro de distancia recomendado pela comunidade da Saúde. 

Como eu disse, tivemos uma viagem mais limitada não pelo tempo, mas por uma questão de cuidado e prudência. Alguns locais não eram adeptos para a Valentina que tem 5 anos ou necessitavam de horas de viagem/barco ou eram apenas superlotados (ainda mais em Agosto, mesmo pós quarentena)

  1. Montagna Spaccata
  2. Baia del Mulino d’Acqua 
  3. Sant’Andrea
  4. Torre di Roca
  5. Grotta Sfondata 

Conhecer o Sul da Itália é sempre um evento inesquecível – Saiba mais sobre 5 lugares para curtir o verão na Itália mas confesso que Puglia/Salento roubaram meu coração.

Outra dica é seguir perfis no Instagram do local, sugiro o @salento_official_page @salentolife ambos sempre compartilham lugares maravilhosos.

Ajude o blog & ganhe descontos!  VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO, nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão.

Booking.com

Acompanhe o Caos Arrumado nas redes sociais, tem sempre um conteúdo exclusivo direcionado para cada plataforma.

 BAIXE OS PRESETS EXCLUSIVOS E GRATUITOS NA NOSSA LOJINHA!

Comente este post!